quinta-feira, 5 de maio de 2011

ERROS Alimentares para quem pratica exercicio fisico

Na ansiedade de conquistar a boa forma muitas vezes priorizamos a actividade física e deixamos a alimentação para segundo plano. No entanto, a nutrição desempenha um papel fundamental.

  • Treinar em jejum
O jejum deixa o corpo em estado económico. Com isto,  numa hora de corrida  vais gastar menos energia do que gastarias se tivesse bem alimentada. Há quem pense que pode sair a beneficiar se permanecer em jejum pois o corpo irá utilizar mais os depositos de gordura como energia. Se o treino for aeróbico, a gordura contribuirá mais como combustível,mas também as proteínas do músculo vao ser  degradadas para fornecer energia. Se o treino for de musculação, a ausência de carboidratos implicará não só a perda de músculo, como a utilização das proteínas, como também na continuidade do exercício.


  • Fazer dieta com restrição de Hidratos de Carbono
Alguns HC certamente não precisam ser incluídos, como farináceos acrescidos de açúcar ou gordura (biscoitos, bolos, pães brancos, massas, tortas), pois acrescentam muitas calorias vazias e pouco valor nutritivo. Além disso, provocam aumento rápido da insulina, favorecendo o acúmulo de gordura corporal. No entanto, carboidratos saudáveis, como pão integral light, massas integrais, ervilha, lentilha, feijão, arroz integral, milho, aveia, cereal em flocos sem açúcar, torradas integrais, são fundamentais para melhorar o desempenho desportivo como também para garantir uma queima adequada de gorduras.

  • Consumir suplementos de forma aleatória
Os suplementos dietéticos podem complementar a dieta, ao fornecer mais calorias, ou proteínas, vitaminas e minerais. No entanto, o excesso e o uso indiscriminado de suplementos pode prejudicar a saúde. Tanto suplementos protéicos, repositores hidro-eletrolíticos, quanto vitaminas e minerais necessitam de orientação nutricional para compor uma dieta equilibrada .Erro 4: Não hidratar o suficienteA perda de 2 a 3% do seu peso corporal pelo suor já pode prejudicar o desempenho desportivo. Seja por falta de hábito ou de atenção, o consumo de líquidos tem sido menor que o desejável para manutenção perfeita do balanço hidro-eletrolítico do corpo, prevenção de câimbras, etc.

  • Consumir alimentos mais calóricos com a desculpa “Já que treinei eu mereço”
 O consumo de alimentos ricos em açúcar, como chocolates, são muitas vezes recompensa por horas de treino. Não cries desculpas desnecessárias, não incluas doces todas as vezes que treinares. Deixa as sobremesas para aproveitar naquele dia especial. O mesmo vale para salgados ditos como assados, e muitas vezes riquíssimos em gordura, como quiches e pães recheados. Prefere pão integral light com frios de baixo teor de gordura, iogurtes light e/ou frutas.

  • Tentar fazer dieta o dia todo, e não resistir à refeição noturna
Certamente um dia inteiro de fome acabará por água a baixo quando tiver distante da rotina diária, em casa, diante de uma comida caseira ou, na rua com os amigos. Portanto, a melhor forma de afastar esse apetite noturno é consumir um bom pequeno almoço de manhã e almoço, e inserir lanches intermediários, um de manhã, mais um ou dois à tarde. Substituir os  salgadinhos, bolachas da despensa por frutas secas, torradas integrais, queijos light, chás e sumos sem açúcar.


5 comentários:

  1. Sempre com óptimas dicas :) gracias
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Aqui tens um caso de quem faz exercício e depois comete muitos erros. Qual seria o teu conselho para quem tem de fazer exercício logo de manhã antes de ir para o trabalho e não come nada? Levanto-me por volta das 7 e geralmente antes de ir comer não como nada (talvez beba um copo de sumo ou assim) porque não consigo fazer exercício após comer... bjo**

    (se puderes responde no meu blog)

    http://makeupblah.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Dicas excelentes e verdadeiras!toda a gente que faz exercício devia ler isto!

    ResponderEliminar